26 de abr de 2008

Pensamentos Não - Identificados

Os pensamentos andam meio embaralhados na minha cabeça hoje, não consigo achar um ponto em que posso amarrá-los e colocá-los numa sequência lógica pra vocês. Pois bem, vou escrever do jeito que eles estão, sem conexão nenhuma:

* As coisas são engraçadas. Eu nunca consigo terminar de ler os textos que são necessários para a aula da semana.

* Amanhã eu tenho aula e neste momento não tenho nenhum sono. O difícil vai ser acordar e permanecer acordada de manhã.

* Nem tudo é do jeito que a gente gostaria que fosse. E isso eu cansei de falar aqui.

* Apesar dos comentários escandalizados, Laura é uma boa pessoa... ela só tá cansada do pouco caso que o 'marido' faz dela.

* No dia-a-dia, a gente assiste cenas muito familiares. Já vivemos o que estão vivendo agora e não podemos fazer nada porque cada um sabe aonde o calo aperta.

* A vida é uma caixinha de surpresas. Um carro velho também, mas de surpresas caras e desagradáveis.

* Tenho passado tempo de menos visitando meus mimos. Gostaria de ter o tempo de antes pra ler e comentar todos vocês.

* Tudo que vai restar na sua vida é o amor que você plantou.

* Fazer o bem sem olhar a quem. É o que eu gostaria de fazer mais vezes.

* Eu tenho passado mais tempo em casa do que gostaria. Por outro lado, tenho amado meus cães mais do que imaginava. A Sue tá grávida e eu tô apaixonada pela idéia de esperar os babies.

* Cecília encontrou um grande amor. Será que vai chegar minha vez?

* Apesar das aulas amanhã, estou animada e ansiosa. E se acontecer algo bem legal, eu volto pra contar.

* O trechinho da música abaixo tem tudo a ver com o que eu espero daqui pra frente.

Um golinho cítrico pra vocês.

"...Minha paixão
há de brilhar na noite
No céu de uma cidade
Do interior..."

(Caetano Veloso, Objeto Não-Identificado)

6 comentários:

Andreia disse...

Ná! Tem presentinho pra você lá no Camisola! Passa lá, ok?


Beijãoooooooooooooooooooooo!!!

Renata Valim disse...

Esses pensamentos aleatórios sem um assunto que de asas a um post acontece direto comigo.
"Tudo que vai restar na sua vida é o amor que você plantou."
Essa frase é linda e verdadeira.
Bom fim de semana.

Lily disse...

é... tb tô cheia de pensamentos embaralhados e não-identificados e por isso tenho dormido mto mto mal ultimamente! rs

enfim... acho q vou fazer uma canção de amor para gravar num disco voador, pra ver se eu me distraio e penso em menos coisas! rsrsrs

bjksss

Mi disse...

Temos dias assim mesmo. É que são tantos e tão aleatórios os pensamentos, que fica difícil ordená-los numa forma de texto qualquer... :D

Beijinhos, moça!
Bom fim de semana!

beeanka disse...

Eu vi com esses pensamentos desnexos e tal..
Fazer o que?
O jeito é se acostumar.

e bem feito pro marido da Laura :D.
:*

Antônio disse...

Sabe que eu gostei dessa idéia de pensamentos aleatórios? Serviria para muitos dias em que minha desconexão entre eles fica evidente nos meus posts.

E também agradeço por sempre visitar e comentar no meu blog, já que o tempo anda curto, mas sempre tenho visto teu nome por lá. =]

Beijo!