20 de set de 2009

Ato falho

Não tinham mais nada e por isso não se encontravam há meses. Então, no meio de mais uma questão em que não concordavam, ela deixou escapar:

- Não, amor... É... Desculpe.

E ele, claro, perdoou. Não o ato falho que o fizera tão feliz naquele momento, mas o pedido de desculpas.

8 de set de 2009

Feridinhas

Nós todos temos feridas: novas feridas e antigas, que já deveriam ter se curado mas não o fizeram.
A verdade é que nós não deixamos essas feridas cicatrizarem pelo simples fato de acreditar que elas nos ensinam algo. Pode até ser. Elas nos lembram de onde viemos, os caminhos que percorremos e como chegamos aqui. As nossas feridas fazem parte de nossa história. E a nossa história, nosso passado, é como um fantasma que vive voltando para nos assombrar...
Embora acreditemos que sempre aprenderemos algo com nossas mágoas, sempre haverá situações em que deveremos aprender diversas vezes a mesma coisa...

"I felt the same today
as I was feeling yesterday
It'll be the same tomorrow
from an only one change
Never want to say it's love
but it's what I'm thinking of..."

2 de set de 2009

Não quero dizer que é amor

Há algum tempo venho perdendo meus textos pelo caminho.

Sempre há essa necessidade sufocante de escrever, mas elas não saem. Elas, as palavras, estão aqui mas não querem sair, não querem ser lidas, sentidas, tocadas. Nem sei ao menos convencê-las de que o outro lado é bom, afinal convencê-las desta mentira seria a coisa mais desonesta do mundo.

Estão aqui, sufocadas por vontade própria, enquanto alma e coração se unem para expulsá-las de dentro.

Talvez o motivo desta recusa seja o fato de tê-las guardado mpor tanto tempo. Vivendo bons momentos, quis poupá-las para expor o clímax da história que não existiu... Então elas se recusam a reportar mágoas e ressentimentos e, sendo assim, mantem-se ao lado das lágrimas que, embora tenham sido solicitadas, também se recusam a sair.

Bem sei que a vida tem dessas tapeações, eu mesma já passei por milhares delas... mas é sempre bom ter a alma pura para voltar a confiar e acreditar, mesmo que seja mais um cliché, mesmo que a história volte a se repetir...






"Now I miss you
Now I want you
You're not coming back...
And I need you
But I can't have you
Even when you're here"
[Dido, Quiet Times]