4 de abr de 2008

Idiotas en la calle.

Definitivamente, eu odeio gente idiota. Principalmente no trânsito.

É incrível a capacidade que as pessoas têm de perder a paciência. Não é? Parece que nasceram dirigirindo ou, então, sempre conseguiram ter o domínio pleno de seus 'super - automóveis'. Exatamente. Super - automóveis.

Geralmente, as pessoas que mais nos desrespeitam são aquelas que andam com seus 'carrões'. Não importa o tamanho do carnê que eles têm na gaveta e nem se as prestações estão em dia. Importa que eles desfilam com os carros pra lá e pra cá e ainda acham que são donos da rua. Pode até ser que eles guardem suas 'máquinas' embaixo de lonas ou telhas brasilites. "Mas e daí? Só estão vendo meu carro mesmo."

Hoje tive um problema com uma dessas vacas que desfilam por aí com o carro do marido (corno, diga-se de passagem). Saiu de um buraco, arrumou um marido sapateiro. Pode até ser que no ano que vem a fábrica dele vá a falência, mas este ano ele vai andar de Audi (que já virou popular aqui na minha cidade). Eu tenho um carro velho. Isso. Ele só não é mais velho que eu por questão de alguns anos, mas ele anda e tá pago, né?! E sabe que até tá em bom estado... acho que tá mais conservado que eu . O problema mesmo é a pecinha que estava atrás da direção. No caso, essa que vos fala. Matei o carro (afogamento sem piscina). Ah, nem foi tão grave assim. Estava num PARE, esperando o outro carro completar a 'rodinha', coisa que mais tem na cidade ultimamente também. O lado esquerdo estava livre. Por que a tia não passou por lá? Porque ela queria parar atrás de mim e dar aquela buzinadinha simpática, sabem? E o que aconteceu? Demorei mais um pouquinho. Afinal, quem tá com pressa e não quer passar pelo lado esquerdo, que passe por cima!

Eu não estava totalmente errada, lógicamente não era de todo certa, mas se ela estava com tanta pressa, precisava desviar o caminho para me fechar? Aham. Essa gentalha que nunca teve nada age dessa forma depois que ganha um oriehnid (leia de trás para frente). Não digo pela questão material, gente. Eu tô falando é de BERÇO! Sabe PAI E MÃE? Pois é. Faltou pra ela. E se a Vaca não me deixou em paz, eu tbm não fiquei quieta. Pedi pra que ela passasse por cima, se fosse o caso. Acho que ela não gostou muito, mas resolvi ignorá-la e ela foi embora. O problema é a raiva que fica da biscate que xingou a minha mãe, coisa que ela não teve. Tudo bem, uma hora ela vai perceber que não pode fazer isso, até porque pega alguém esquentadinho que, se tiver uma arma no carro, dá um 'head shot' na bruaca.

Por isso, meus consumidores, sejam pacientes e entendam que as outras pessoas, nem sempre, conseguem tirar o carro de primeira do lugar. Paz no trânsito. Não vamos perder mais vidas do que ele já nos leva, ok!?

Um golinho pra todo mundo.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
"Toda fechadinha será castigada."

3 comentários:

Carlos Nascimento Jr e Rafaela Gizzi disse...

tb odeio gente idiota....
AHHHHH...
com todas as forças..
adorei o texto e vc tb esta la nos meus favoritos!!!
beijos
carlos nascimento jr.

nica disse...

ta apoiaaaaada!
odeio gente mal educada no trânsito! gente que buzina por tudo, que entra na sua frente sem botar seta, que joga o carro em cima de tu do nada... enfim, o trânsito é uma selva!

bejus.

tititi disse...

Ah, Ná, esquenta não! Tem gente que sai na rua já predisposta a arrumar confusão. A vida delas é tão vazia (quanto a cabeça), que precisam cutucar alguém pra se sentirem "úteis", ou seja, entenderem o motivo real de sua existência. É realmente a falta de berço...
Bjokas!!!^^