2 de mai de 2008

O tempo...

Vento gelado, garoa e muito frio. Não há como negar que Maio chegou e trouxe com ele meus dias de urso.

Com o frio, parece que minhas palavras estão se encolhendo como os músculos do corpo. Essa foi a 20ª vez que tentei escrever algo interessante sobre o passar do tempo e as minhas idéias não conseguiram se organizar.Só pode ser medo do frio...

Apesar dos meus vocábulos estarem ibernados, me mantenho feliz. Passo a acreditar em tudo aquilo sobre o que já duvidei um dia... Sim, eu voltei a sentir saudade e tá sendo 'bão demais'.

O que me alivia, de verdade, é saber que, em um dado momento, não precisarei mais pensar no que estou fazendo. Passarei a ser a letra, a tinta, o papel e a palavra.

Chegou o momento pelo qual esperei a vida inteira: ser lida.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
"A vida é uns deveres
que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são 6 horas: há tempo...
Quando se vê, já é 6ª feira...
Quando se vê, passaram 60 anos...
Agora, é tarde demais para ser reprovado...
E se me dessem - um dia - uma outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio
Seguia sempre, sempre em frente...
E iria jogando pelo caminho
a casca dourada e inútil das horas."
(Seiscentos e sessenta e seis, Mario Quintana)
.
.
Mesmo depois de tanto blá blá blá, desisti de falar sobre o passar do tempo porque ninguém conseguiria melhor que ele aí em cima, o 'eu passarinho'.
.
.
Golinhos ácidos.

6 comentários:

Agostinho Lopes disse...

Ná...

Tê "ler", dá mesmo a impressão de que escreves sobre o próprio corpo! Digo mais: escreves na alma (ou será ela que, num impulso, parece querer gritar e se imprime sobre a pele?)

Ao contrário de você, sou muito bem resolvido com o frio. Gosto de temperaturas abaixo de zero, mas inventei de nascer logo no Nordeste brasileiro, onde, quando fica frio, temos 22 graus de temperatura. Mas aí eu viajo à regiões mais frias para sentir um pouco a sensação.

Recebe meu beijo "caloroso"!

Daah Oliveira disse...

Poxa... acho que não tem coisa melhor do que ficar debaixo do endredon nesse frio né?!

:)
Bjo!

Mi disse...

Eu que já sou uma preguiça, só tenho meus dias mais vagarosos nesse tempinho. Mas hoje é dia de limpar a casa, sem desculpa. Ainda bem que dormi até o meio-dia! haha

Beijos, Ná!

Antônio disse...

Bate aqui, colega: o/

O frio, definitivamente, me afeta psicologicamente. Tu vai notar isso nos próximos meses até o fim de agosto, pelo menos. =]

Beijo!

nica disse...

Nham, nham... adoro Mario Quintana.


Mas preciso dizer que maio é um dos melhores meses do ano... frio, dias bonitos (tirando esse maio que começou com chuva) e uma vontade de sorrir.

beeanka disse...

Estou que nem você.. até tenho uma ou outra idéia, mas parece que o friozinho some com elas :/.