30 de mar de 2008

O tempo dispara...

Percebi que os últimos 'posts', que li nos últimos blogs linkados ao Soda Cáustica e Guaraná, expressam um pouco do sentimento sobre o tempo que passa. É, o tempo passa... e rápido demais para que possamos nos habituar a isso.

Eu, que sou tãooo futurista, tenho sentido saudade do passado. Nem é um passado tão distante, é pertinho, de alguns aninhos só.

Não sou tão velha assim, mas as vezes tenho a impressão que estou envelhecendo rápido demais.

Meu rosto continua vívido e meus olhos, plenos. As minhas idéias é que se modificam dia após dia. Todos os dias, todas as idéias.

Sempre fui impulsiva e na época da minha adolescência isso era muito mais pertinente que hoje. Eu fazia algumas coisas que não faria agora. Não me arrependo. Não, nem do que fiz e muito menos do que deixei de fazer. Eu sei que tudo que vivi (ou não) ontem foi o que me construiu no presente. Eis - me aqui, não é? E o futuro? Bem, o futuro é algo inevitável. É o produto final (e positivo, espero) de meus dias vividos no passado, o meu hoje.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
"Mas se você achar que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára..."
(Cazuza)

7 comentários:

GABY** disse...

***
não me canso de ler o blog e nem aprender com ele!!
minhas visitas aqui tornaram-se um vício!
***

Heber disse...

Nááá, não é vc que tá ficando velha, são as idéias amadurecendo. vamos viver esse desabrochar. Me sinto do mesmo jeito muitas vezes.

Voc~e falando de links de blogs, hj minha mensagem tb tá parecido com isso.

No mais, tenho q dizer óh: q seu layout é show! Tenho q providenciar um q me identifique o quanto antes!

beijão

Bruno disse...

HAiUAHiUAHIA

O tempo é um cocô néh???

Quando tem que demorar, passa rápido... Passa rápido, ao invéz de demorar...

=)

Gabriela disse...

Vamos invetnar um freio para o tempo??

Fê Probst disse...

"não pára não..."

Cansei de ser abduzida disse...

O tempo passa rápido demais, quando vi.. foi!! então.. vamos que vamos!!

beijos.. beijos!

Anonimous Joe disse...

Realmente o tempo passa muito rápido , essa é uma discussão recorrente entre eu e meus amigos , que ontem tinham 11 e hoje tem 22 , da minha parte se me devolvessem só um pedacinho da minha adolescência eu já ficava feliz , a falta de responsabilidades era bom demais e eu não sabia...