20 de fev de 2008

Deixar

Ela estava ali, com amigos e, ao mesmo tempo, sozinha. Foi quando seu celular tocou e alguém pedia a informação de como chegar onde estava. Deu o sinal de fumaça, sem nenhuma intenção.

Ele chegou com aquele jeito que só ela conhecia. Aliás, conhecia muito além do que todos conhecem. Conhecia sua vida, seus romances, relacionamentos mal-resolvidos e toda a sua vã filosofia de vida. Não se importava com nada disso. Ele era uma boa pessoa e ela adorava conversar e saber sobre a vida dele. Confiava em sua amizade e sabia que nada aconteceria se ela não concedesse a permissão de aproximação. Ela sabia!

Foi quando percebeu que havia uma grande proximidade da boca dele. Sentia aquele braço próximo ao seu pescoço. Tentou desviar. O medo abatia a sua face, estava gélida. O coração saltava-lhe ao peito, como um batuque descompassado em véspera de carnaval.

Desviou sua boca e colocou sua face à disposição. Não resolveu, ele tentou novamente. Até que ela não resistiu àquela tentação momentanea, àquele perfume, àquele gesto. Sua face corou, as pernas estremeceram e os olhos se fecharam. Não sabia o porque, não entendia, mas estava ali, nos braços de alguém muito querido e não iria estragar aquele momento por nada.



"Deixe o coração falar também
Porque ele tem razão demais quando se queixa
Então a gente deixa, deixa, deixa, deixa
Ninguém vive mais do que uma vez."
(Vinicius de Moraes)

6 comentários:

Gabriela disse...

Texto ótimo.

Vinicius Cabral disse...

Não sei prá quem vai ler, mas prá mim serviu como inspiração...

Ô vida + ou - ...

rsrsrsrs

Tititi disse...

Seu texto era a resposta que precisava! Principalmente no poema: deixa, deixa, deixa... Agora, tô com medo!!!
Que bom que gostou do lay!!! ^_^ Mas provavelmente ainda vou fazer modificações... não consigo mais me conter!!! kkkk
Bjokas!

Tiago Enes disse...

Oi

O Blog tá muito legal!
Bons posts!

Parabéns!

Abraço!


Se puder visite!!!

http://tiagoenes.blogspot.com/

Bruno disse...

Quanta frescura pra beijar na boca!

Mila disse...

Lindo o conto inspirado na minha vida, viu?!
rsrs
Sério, menina! Parece que falou comigo!
***
Você é professora de português?
***
Irmão com idade próxima é uma maravilha, né?
Se você é maldosa, pode se divertir às custas dele. Se você é boazinha, se diverte com ele.
rsrs
Aquela história do "você não tem signo" é uma das muitas que eu guardo e dou risada quando lembro. rsrs

Beijo