1 de fev de 2008

Ainda bem que Todo Carnaval Tem Seu Fim

O Carnaval chegou e, com ele, as polêmicas.

A notícia que considero uma polêmica li no G1 há alguns dias: "Carnaval 2008: Juíza proíbe menção ao Holocausto no Rio."

Pra quem não sabe, a palavra holocausto tem origem remota em sacríficios e rituais relogiosos da Antiguidade em que animais eram oferecidos às divindades, sendo completamente queimados durante a noite para que ninguém visse. À partir do século XIX, a palavra passou a designar grandes catástrofes e massacres até que, após a Segunda Guerra Mundial, o termo Holocausto passou a ser utilizado especificamente para se referir ao extermínio de milhões de judeus e outros grupos considerados indesejados pelo regime nazista de Adolf Hitler.

Agora, a notícia:

"A escola de samba Unidos do Viradouro não poderá mais levar à Sapucaí menções sobre o Holocausto. A juíza Juliana Kalichsztein, do plantão noturno do Fórum do Rio de Janeiro, acatou parcialmente nesta madrugada ação da Federação Israelita do Rio de Janeiro (Fierj) e concedeu uma liminar obrigando a Viradouro a retirar qualquer menção ao Holocausto de um dos carros alegóricos e vetou o desfile de passistas vestidos como Adolf Hitler."

Com tanto bandido esperando para ser julgado e condenado, eles acham tempo para interferir no Carnaval. Entendo a manifestação da comunidade judia, mas também entendo que a humanidade deve ser alertada e chocada com as imagens para que isso não volte a acontecer. Concordo que a imagem de um carro alegórico retratando os corpos empilhados no campo de concentração é um tanto quanto mórbida, mas se querem manter isso longe do povo vão precisar rasgar livros, matar os idosos, queimar filmes e, principalmente, apagar a História do Mundo. Hitler é condenado até hoje mundialmente, aliás, não somente condenado, ele é amaldiçoado. O que ele fez não terá perdão, porém temos que ter consciência e mostrar o que um homem, com sua mania de PURO sangue, foi capaz de cometer. E, além de tudo, mostrar sempre a igualdade entre os povos para os pititicos que estão chegando por aí. Não é tirando o conhecimento do povo que evitaremos o acontecimento de mais Holocaustos. E tenho dito!

"Se a igualdade entre os homens - que busco e desejo - for o desrespeito ao ser humano, fugirei dela."
(Graciliano Ramos)

5 comentários:

Dramática disse...

ôôÔÔ mulher, eu tbm adoro teus golinhos....

Primeiro golinho...

Não tenho nada a dizer sobre esse post. acredite: eu detesto carnaval!

Você foi lá ver meu orkut, né?
eu ia te deixar um recado, mas perdi a viagem...
beijocaaa

Mila disse...

Esse teu post me lembrou o meu de uns dias atrás, sobre a condenação dos assassinos do João Hélio.
Tanta coisa mais importante, como esse absurdo que eu não consigo esquecer, e ficam se preocupando com carro alegórico?!
É a maravilhosa justiça brasileira! Quando deveria trabalhar direito, não o faz.
E concordo com você em relação a ignorar os fatos históricos. Não adianta nada, pelo contrário: só piora. Temos que lembrar e ficar batendo na mesma tecla, até sentirmos que não há chances de coisa semelhante voltar a acontecer.

Dramática disse...

Moçaa
cÊ me linkou, né?
Acabei de chegar lá do blog da Jaya (www.brincandodefelicidade.blogspot.com) e encontrei o mesmo assunto.

Vamos juntar todo mundo que detesta o carnaval e fazer um abaixo-assinado pra cancelar o carnaval? ( se bem que eu acho que não vai surtir muito efeito não...)

beijão 8)

Tititi disse...

Voltei!!!! Que bom que gostou do rcado, foi de coração messssmo!!
E concordo com vc que tem coisa muito mais urgente pra se resolver do que com uma menção a um fato histórico que não deve ser esquecido jamais, justamente em defesa do povo que mais sofreu com ele, pra que não se repita com mais ninguém. Mas com certeza a Viradouro deu uma viajada, vai... se eu visse passar um bloco de gente vestida de Hitler, eu páro de sambar na hora!!!
Bjokas!

augustoyoh disse...

esconder a história do holocausto é tão o contrário do que prega os judeus do mundo todo.

acho que a questão era que no fim, tava sendo usado pra fazer festa né....