19 de set de 2007

Uns dias


Estive fora uns dias, numa onda de trabalho que chegou... e foi muito bem-vinda.

Encontrei novas forças para continuar um caminho árduo. Parando pra pensar, essa vida não é nada fácil. Mas também não é tão difícil como dizem. Acredito que o essencial é botar muito amor no coração e ir em frente, sempre!

Ah, esse discurso de amor e "siga em frente, companheiro" já tá se tornando algo muito monótono e abordado em diversos lugares desse mundo bloguístico. Entretanto, sei que não seria nada interessante travar um debate sobre o certo "senador alagoano".

Eu queria mais, além.

Quem sabe um dia, quando eu passear pelo Expresso Oriente e perder a conta de quantas pessoas não passam por ele também, eu possa teorizar sobre qualquer assunto que não seja esse inesgotável amor.

Quem sabe um dia eu possa contar as novas frutas que provei, a vertigem que senti...

É, um dia eu te procurarei e irei me confessar... só espero que esteja sozinho, após os dias que ficarei fora.

"Eu tive fora uns dias, eu te odiei uns dias... eu quis te matar."

3 comentários:

trocador disse...

moça, ela não sabe de nada. nem eu. adoro essa musica ai dos paralamas (?).
beijo.

Vinicius disse...

onda de trabalho rs ???
ahnn fala sério huauha

Vinicius disse...

ahnn Chuva de molha tonto é assim.: Vem aquelas chuvas oassageiras e você fica esperando ela passar pra ir pra algum lugar.. dai quando você pensa que a chuva vai demorar pra acabar você vai até onde precisa.. e quanbdo chega lá a chuva para...