2 de jan de 2010

ReNove - 2010

Há algum tempo venho me perguntando qual é o sentimento que rege as pessoas durante as comemorações de final de ano.

Em época de Natal, segundo algumas pesquisas, a solidariedade e a compaixão do ser humano aumentam. É aquela coisa: todos nós queremos compartilhar as experiências, dividir o que temos, doar o que não nos fará falta. E então eu venho aqui para dizer que a solidariedade não é doar aquilo que não nos fará falta ou aquilo que nos sobra. Ser solidário é doar sem que você tenha sobrando, é compartilhar das emoções e sentir a dor (ou a alegria) do próximo sem que isso tenha real poder de afetar a sua vida (e, mesmo assim, você está ali, sendo solidário). Solidariedade é ter um pão, partí-lo e ceder uma metade.

Fim de ano. Réveillon. Esperança de uma vida nova. Vida nova? Foi isso mesmo que pensei? Nós não podemos esperar uma vida nova se não estivermos totalmente dispostos a abrir mão dos antigos hábitos, das antigas paixões, dos antigos vícios. Como é que podemos esperar uma vida nova chegando junto a um novo ano se não conseguirmos nos fazer novos?

Novas pessoas. É isso que queremos ser. E como é que vamos atingir esse desejo? Deixar de ser. Tornar-se outro. Cortar os defeitos. Reconstruir qualidades. Viver o novo. Apaixonar-se novamente. Dar valor a outras qualidades... Tudo isso é um desafio. Viver um novo ano será sempre um novo desafio. Para quem teve um mau ano, ansiedade para que ele passe e outro venha. Para quem teve um bom, que sejamos melhores: tenhamos coragem de enfrentar os novos obstáculos, consigamos alcançar as expectativas.

A verdade é que todos nós esperamos renovar. Renovar é o verbo que rege o fim do ano. Se eu não consegui descobrir o sentimento, descobri este verbo. Renovar as forças, as esperanças; renovar as finanças, começar de novo, pagar aquela dívida, agarrar aquele trabalho, começar um novo estudo, investir num novo projeto. Renovar pode ser até levado para o lado fútil [e útil] da coisa: o guarda-roupa, a sapateira, a gaveta de lingerie!

Não importa o que você queira renovar, importa que você coloque em prática as ações que te levarão a essa renovação.

Renove sua vida, suas paixões. Renove seus vícios, suas virtudes, seu coração.

Renove. Essa é a ordem para 2010.

Que sejamos felizes, capazes, e novos neste ano que começa agora!

[Eu, por exemplo, preciso começar renovando o blog! ]

4 comentários:

Angelica disse...

estava com saudades dos seus posts ná! bjos!

Carol Rodrigues disse...

"Renovar" tbm é a minha palavra de ordem pra 2010 ;-)

Jéssica disse...

É dar o "start" em tudo e partir para o novo - mesmo que o novo dê-nos um pouco de medo.

Tudo de ótimo e que seu 2010 seja repleto de renovações :DD

;**

Vinicius disse...

Pra mim a virada de ano é uma desculpa pra beber...

alias a gente poderia comemorar todo final de mês a virada do mês.. já pensou ?