4 de nov de 2009

These Days...

Por muito tempo estive tentando descobrir o que estava acontecendo. Como seria possível transcrever algo que você nem mesmo sabe o que é? Já era bem difícil falar quando sabia o que estava sentindo...

Aquela história era o pedaço que faltava no quebra-cabeça. Ler e ouvir como aquela ausência se fazia tão forte me fez entender...

Cada pedaço meu havia sumido. Uma falha tão grave deixar que parte de alguém me preenchesse... Eu deveria ter imaginado que, quando esse alguém partisse, eu me partiria no vazio destruidor.

Então eu apertava meus braços contra o meu próprio corpo, tentando segurar o vazio, tentando não deixá-lo se alastrar.

Era a falta dele que eu sentia, como se tivesse sido apenas um sonho e nada, nunca, tivesse acontecido.

Talvez eu tivesse sonhado com os melhores momentos de minha vida, mas eles não existiram, não na verdade... Era como se um buraco negro se abrisse em minha alma.

.
.
.
.
.
.
.
.
(Cena do Filme "Lua Nova"[New Moon, 2009])

9 comentários:

Rui Carlo disse...

Um eterno de-vir,
um grandioso vir-a-ser
assim é nosso futuro,
como um Quixote esquizo
que sonha mundos que não existem
mas que lhe são tão reais
assim somos todos os eus do mundo
fugindo de nós mesmos
nos laçamos no mundo
para sermos os tus e os vocês
que todos conhecem e falam...
mas o eu que só eu conheço
e que minto não existir
esse é quem me faz rir de todos
que me faz chorar por todos
e que me faz amar aquela Dulcinéia
que nunca nasceu
numa cidade que nunca existiu
no país - Pasargada talvez -
que nunca foi habitado
Assim, sou eu e tu,
que vivemos cada um no seu próprio mundo
sonhando o sonho que não nos deixa dormir...

bjin

Thiago Augusto" disse...

eu vou essa semana ver :D

Tititi disse...

É engraçado... Quando conseguimos nos bastar, por nós mesmos, aparece um ser na Terra pra quem entregamos tudo...
Enquanto cidadãos, sonhamos com a independência. Enquanto seres humanos, sonhamos em entregá-la...
Enfim, viagens!
Bjokas!

poetriz disse...

Ainda não fui ver o filme. Estou tomando coragem de enfrentar a decepção de não encontrar ingressos...

Bjs!

Gabicia disse...

Adorei o blog! Voltarei sempre! =*

Tay Highway disse...

Não vi o filme ainda. Aliás, td demora pra chegar na minha cidade. O jeito vai ser baixar msm :)

Ferdi disse...

Por mais detestável que ache Crepúsculo & cia. essa fala da Bella descreve muito bem a dor da perda e separação.

Jéssica disse...

Acho que o nome ideal pra isso é saudade.

:**

*Ná* disse...

Engraçado... não fiz citação de nenhuma frase dela... ahahaha