5 de ago de 2008

No recreio

Eu estive fora da blogsfera por uns dias. Senti falta de todos vocês, mas depois deste tempo longe, criei certa letargia mental.

Enquanto me coloquei fora, minhas produções foram ricas. Porém, neste momento, elas já não condizem com o meu estado de espírito, que passou de murcho para florido.

Com o tempo, vou postando pra vocês só pelo prazer de ter a opinião e de saber que vocês podem ver um pedacinho de suas essências nos meus escritos.

Os dias foram difíceis nas últimas semanas. E olha que estava em férias ainda. Mas agora tudo voltou ao normal. Estou de volta à sala de aula, aos preparos de novidades e muita leitura pela frente.

O coração segue dando pequenos sustos, pregando grandes peças e eu sigo esse caminho das pedras e dos aprendizados.

Ah, outro dia perguntaram aqui pra mim se esses textos eram meus. Bem, gente... eu não costumo colocar no blog nada que seja escrito por outra pessoa, a não ser os autores que coloco ali nas citações, embaixo da imagem. Se encontro algo interessante no blog de alguém,e resolvo citar, coloco os devidos créditos. Portanto, se não forem citados os autores, são meus.

Outra coisa que tenho percebido são aquelas letras de confirmação em alguns blogs. Genteeeeeeeeeem, o que é isso? Sério! Eu não me aguento... tem horas que eu não consigo mesmo saber que letras são aquelas, mas elas estão lá e eu tenho que coloca-las certinho senão, não consigo comentar... Tem horas que me dá uma vontade de não comentar nunca mais! Na boaaaaa, genteee... é necessário?

Não posso deixar de falar sobre a música que marcou o dia: No Recreio, do Nando Reis.

Beijos
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
"...Os pés que irão por esse caminho
vão terminar no altar
Eu só queria me casar
com alguém igual a você
E alguém igual não há de ter
[...]
Não quero acreditar que vou gastar desse modo a vida
olhar pro sol, só ver janela e cortina
no meu coração fiz um lar
O meu coração é teu lar
E de que me adianta tanta mobília
se você não está comigo?
Só é possível te amar..."

15 comentários:

Antônio disse...

Todos sumimos, todos voltamos.
Enfim, todos vivemos. =)

Beijão!

Nanita disse...

ain, eu amo Nando reis :)

pelo visto todos estão sumindo um pouquinho do blogger. rs!

beijo flor :*

Samelly Xavier disse...

Espero que não ficar sem suas visitas, nem comentários por causa das letrinhas de confirmaçaõ, rs.

Beijo recitado

LindaRê disse...

Ah, ir e vir faz parte!!
Bjs~~

Ju disse...

hahhaa
tô rindo das letrinhas... meus 2 blogs têm... na verdade não é necessário, eu é q não sei tirar
hahaha
=)

Thefy disse...

Música linda essa...inspiradora..rsrs
Bjokas flor...

Srta Diazepan disse...

só vi hoje seu slide de fotos...q linda!!!!! E não se preocupe... todo mundo some um pouco pra colocar suas idéias em dia. Desde que volte, te desculpo a ausência!
=)

beijos

Lydia disse...

Não tem jeito, Nando Reis é fantàstico.
Quanto às letrinhas, também não as suporto, as coloco porque é o jeito.
Beijão, Ná!

Estava Perdida no Mar disse...

Será que foi a volta ao trabalho que ajudaram a florir seus dias?

Quando outonos imprevisíveis assim surgirem não se preocupa não. Como disse Chico: a flor também é ferida aberta e não se vê chorar.
Beijos
Adoro este cantinho

Camila Colossi disse...

qq beloo esse post
ameeii more xd
http://imensidadx3.blogspot.com/

Camila Colossi disse...

qq beloo esse post
ameeii more xd
http://imensidadx3.blogspot.com/

Tathiana disse...

O povo confunde porque muita gente por aí não coloca os créditos. A Jana mesmo, foi ridiculamente plagiada. É dose.
Aquelas letrinhas... nem sempre dá pra entender... É irritante. rs.
Bjs.

Agostinho Lopes disse...

Vim aqui tomar "o meu gole de ácido e de básico", nessa mistura gostosa que só tu tens a fórmula...

Uns beijos!

;) disse...

Seus textos, por mais simples, são sempre óótimos!!!
Parabééns!!!
e aquelas letras acabam comiiigo..
eu acabo salvando o comentário as vezes, pq não consegui decifrar o cóódigo!

Beeeeeijos
;***

Nally disse...

Minha escritora blogal prediletaaa ...

Simplesmente fã!
=D