29 de jan de 2008

Fim do Tratamento Médico

Estou achando que meu namorado não quer assumir o namoro. Após várias tentativas de avisá-lo sobre o nosso relacionamento, ele não deu sinal de vida.

Dessa vez, o bilhete foi na porta da casa dele e sem assinatura nenhuma.

"Te encontro hoje."

Encontro marcado, mudei a programação.

Se ele foi ao meu encontro, deve ter achado outra pessoa por lá.

Agora eu terminei nosso caso e ainda não o avisei. Será que ele precisa ficar sabendo que acabou se não soube, ao menos, que havia começado?

P.S: Eu ia mudar a história e escrever ,de uma forma dramática, que eu tinha comparecido ao encontro e... adivinhem!? Ele estava lá, de mini - saia e salto alto! Porém, a minha moral e bom costume [?] falaram mais alto, e resolvi não justificar a minha ausência de atrativos criando um problema para ele. (Nada contra os homens que adoram usar mini-saia e salto alto mas, para mim, não ia ter muita serventia, sabe?)

E aqui "JAZZ" mais uma História de Apartamento transformada em atitudes reais.



"Penso, com mágoa, que o relacionamento da gente sempre foi um tanto unilateral. Sei lá, não quero ser injusto nem nada - apenas me ferem muito esses teus silêncios."
(Caio Fernando Abreu)

5 comentários:

Bruno disse...

E eu aqui te achando uma retardada mental...

Tipo, se um bilhete desse tivesse em minha porta, eu provavelmente teria achado que um psicopata sexual está me perseguindo...

=)

Dramática disse...

2 golinhos...

Tosquice puraaa
maas adorei a idéia do bilhete e do cano no encontro hahhaha

vc é cruel! adorei você...

Jéssica Feller disse...

adorei!
acho que todo homem merece uma dessas de vez em quando (leia-se sempre)

adicionei seu blog!

;*

Fê Probst disse...

Tem um mimo pra ti no meu blog ;*

Mila disse...

hehehe
Gostei!
Marcar e não ir... Me lembra uma coisa parecida que eu fiz uma vez.
rs

Obrigada pela visita!
Volte quando quiser!

Bjs