9 de jan de 2009

Descoberta

Não há mais como negar a verdade que vivo: amo em demasia. Eu amo. Assim puro, assim simples.
Amo como quem chora de emoção. Amo como quem ganha medalha de Ouro nos Jogos Olimpicos.
Amo em grandes proporções.
Engraçado é pensar que amar assim é denso, sufocante. Não é. Amar em demasia significa o oposto: ser leve. Não prender, não exigir, não desejar, não chorar pelo que se foi.
Em grande proporção é o amor que carrego cá dentro, guardadinho, sem sufocar.
Amo desejando tudo o que de melhor a vida tem a oferecer. Amo me colocando à disposição para o que der e vier. Mas não quero que correspondam esse amor.
O amor que sinto me basta...
Eu sou o amor. E você?

10 comentários:

Gabriela M. disse...

ná, eu sou o que restou de um que acabou de acabar.

creio que ainda haja amor.
da minha parte.

Estava Perdida no Mar disse...

Ah, eu acho q sou o hedonismo. tento buscar isso em tudo o que faço.

Mas é muito bom ser o amor.

Beijos

Estava Perdida no Mar disse...

pS: A pergunta q não quer calar

Quem é Fábio Coelho?

rs...

Thiago Augusto" disse...

o que você diz sempre me emociona; sempre me identifico muito com o que você fala aqui.

E a minha diferença com vc, nesse momento, é que eu quero abafar o que sinto. Apesar de sentir eu nao quero sentir.

E não querer sentir é lembrar... é tudo tão contraditório!

julio.de.castro disse...

ah, o amor antigravitacional, antimaterial, antiambiente (irresistível)...

beijos e leveza para ti.

Gabrieli Martins disse...

Anh..... dizem por aí que eu sou o Sol. rsrs.

Gostei daqui, virei mais vezes.

Srta Diazepan disse...

eu acho que sou quem arruma as coisas.... e coloca os acentos nos seus devidos lugares =)

pelo menos....

beijos, to de volta e que bom te encontrar aqui feliz e com amor =)

Maria Fernanda disse...

Só toma cuidado, Ná, para não se tornar auto-suficiente demais. Teu amor pode te suprir, mas que suprirá teu amor?

rafa (guapinha) disse...

Ná, é exatamente assim mesmo......ser leve, não prender...e por ai vai
beijos

Nally disse...

Ah o amor!
Ele é tudo de mais belo, puro e simples que existeee ...
Se é amor verdadeiro, não tem como sofrer, aliás, se for amor, é verdadeiro.

Continue amando, mesmo que poucos te amem, faça a sua parte.

Ame muito, ame tudo e torço para se seja amada.
^^